Aconteceu > XV Fantaspoa - Cursos

XV Fantaspoa - Cursos

16/05/2019

imagem fantaspoa.png

O Fantaspoa é o maior festival de cinema dedicado exclusivamente a filmes de gênero fantástico (fantasia, ficção-científica, horror e thriller) da América Latina, que ocorre anualmente na cidade de Porto Alegre desde 2005.

Confira a programação do evento que acontece no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo nos dias 18, 19, 26 de maio e 01, 02 de junho:

--------------------

Dia 18/05 (sáb), das 14h às 17h

Curso "Como realizei um filme de sucesso", por Demián Rugna

Demián Rugna é um dos nomes mais celebrados do cinema fantástico da América Latina dos últimos anos. Em 2017, realizou o sensacional “Aterrorizados”, que entrou em cartaz em cinemas na Argentina, foi elogiadíssimo pela crítica e selecionado em muitos festivais de prestígio, como Sitges, Fantasia e Fantastic Fest. Além aumentar a coleção de premiações de Rugna, o inusitado lhe ocorreu: um dia, foi contatado por Guillermo Del Toro (oscarizado por “A Forma D’Água”) que, além de lhe dar os cumprimentos pela ótima realização, propôs que ambos trabalhassem juntos na refilmagem norte-americana do filme.

No meio da pré-produção do remake, Demián virá ao Fantaspoa falar de seu case de sucesso, enfatizando acertos e erros do projeto e passando por aspectos como roteiro, pré e pós-produção, filmagens, arte, efeitos especiais e distribuição.

Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo
Auditório Barbosa Lessa
Rua dos Andradas, nº 1223 – Centro Histórico

Atividade ministrada em espanhol, sem tradução.

Valor: R$ 60,00.

Demián Rugna ganhou o prêmio de melhor filme no Fantaspoa 2011 por "Malditos Sejam", que co-dirigiu com o veterano Fabián Forte, e por "Aterrorizados", em 2018. Atualmente, trabalha na refilmagem de "Aterrorizados", cuja produção é assinatura do oscarizado Guillermo Del Toro.

--------------------

Dia 19/05 (dom), das 14h às 20h

Oficina de Cinepunk aplicado, por Sarna Cine

Há anos, a produtora argentina Sarna Cine se dedica ao que chama de Cinepunk: sob o lema “filmes que existem porque sim, e devendo somente a amigos”, com preceitos fundamentais de responsabilidade, esforço e compromisso.
Para a Sarna, a independência e a auto-gestão são um ponto de partida sempre florescente e nutritivo, sempre perigoso. Não existem limitações: existe transformar a ideia em desafio. O objetivo da oficina é trabalhar a partir de uma cena criada pelos participantes e filmá-la. Assim, o grupo vivenciará as dificuldades inerentes a cada projeto e os ministrantes aconselharão os participantes com sua experiência, fomentando o desenvolvimento mediante exemplos, prática, troca e paixão pelo labor. Os ministrantes serão Matias Oniria, Sebastián Mariño, Daniela Giménez e Alejo Rébora.

Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo
Auditório Barbosa Lessa
Rua dos Andradas, nº 1223 – Centro Histórico

Atividade ministrada em espanhol, sem tradução.

Valor: R$ 60,00.

Alejo Rébora trabalhou como câmera em mais de 15 filmes argentinos, com diretores de renome, como Fabián Forte e Nicanor Loreti. É fundador da Sarna Cine, produtora especializada em cinema independente de gênero. Dirigiu 15 filmes: 12 curtas-metragens e a trilogia "Trash".
Matías Oniria atua, com Alejo, na Sarna Cine. Foi assistente de direção e de produção em "Tr3sh". Anteriormente, roteirizou "Trash Dos: Las Tetas de Ana L." e Kv62.
Sebastián Mariño realizou direção de fotografia, figuração e auxiliou no transporte em "Tr3sh".
Daniela Giménez é produtora de "Tr3sh", além de ter sido assistente de edição do longa-metragem.

--------------------

Dia 26/05 (dom), das 10h às 17h

Workshop de Roteiro, por Larry Wilson

Há anos, a produtora argentina Sarna Cine se dedica ao que chama de Cinepunk: sob o lema “filmes que existem porque sim, e devendo somente a amigos”, com preceitos fundamentais de responsabilidade, esforço e compromisso.
Para a Sarna, a independência e a auto-gestão são um ponto de partida sempre florescente e nutritivo, sempre perigoso. Não existem limitações: existe transformar a ideia em desafio. O objetivo da oficina é trabalhar a partir de uma cena criada pelos participantes e filmá-la. Assim, o grupo vivenciará as dificuldades inerentes a cada projeto e os ministrantes aconselharão os Você está pronto para escrever seu roteiro. Então, como iniciar? Onde você procura auxílio? Uma busca rápida na internet resultará em inúmeros sites que ensinam “Como escrever um roteiro”. Guia de estruturas de três arcos, cinco atos, 22 passos, etc. Etceteras sem fim. Informações em excesso.
Larry Wilson pode te ajudar. Ele não será apenas um professor de escrita: será seu guia por esse labirinto de informações sobre elaboração de roteiro, certificando-se de encontrar o melhor caminho para você. Mais importante, ele será seu coach - com a missão de te inspirar. Inspirá-lo a construir um cronograma de escrita que fará com que você termine seu roteiro. Inspirá-lo a continuar trabalhando mesmo em momentos de dúvida e temor que, intrinsecamente, acompanham a escrita.
E, se você só quer aprender como escrever um roteiro, mesmo sem ter nada em mente no momento, Larry ensinará os princípios que certamente ajudarão muito quando - e se - você decidir criar um roteiro.
Larry Wilson consolidou três carreiras na indústria cinematográfica: além de ter roteirizado, entre outros, “Os Fantasmas se Divertem”, de Tim Burton, e “A Família Addams”, de Barry Sonnenfeld, trabalhou como analista de histórias em grandes estúdios – como Warner Bros, Columbia Pictures, Sony Pictures e Universal Pictures – e lecionou sobre roteiros em universidades e em workshops.

Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo
Auditório Barbosa Lessa
Rua dos Andradas, nº 1223 – Centro Histórico

O norte-americano Larry Wilson trabalhou como analista de histórias em grandes estúdios – como Warner Bros, Columbia Pictures, Sony Pictures e Universal Pictures – e foi executivo da Paramount Pictures, mas foi como roteirista que deixou sua marca na história do cinema. Ele é responsável por roteiros de filmes de grande sucesso, como “A Família Addams”, de Barry Sonnenfeld – que, inclusive, foi indicado a um Oscar em 1991; “O Pequeno Vampiro”, de Uli Edel; “alguns episódios de “Contos da Cripta”; e o aclamado “Os Fantasmas Se Divertem”, do cultuado diretor Tim Burton, obra altamente rentável – e bem recebida pela crítica – que também produziu. Atualmente, além de escrever roteiros, Larry ministra workshops e presta consultorias para profissionais em Amsterdã. No XV Fantaspoa, além de ser homenageado, Larry oferecerá seu curso de roteiro ao público porto-alegrense e participará de sessões comentadas de suas obras.

--------------------

Dia 01/06 (sáb), das 11h às 14h

Curso "A Evolução do Cinema de Gênero na Espanha", por Ignacio Lopez Vacas

Ignacio Lopez Vacas é cineasta e fotógrafo, atuando também como editor da publicação dedicada ao cinema fantástico ScifiWorld, além de participar de júris de festivais e ter escrito o livro “Manual de supervivencia para cinéfagos”.

O ministrante buscará levar os espectadores, da maneira mais detalhada possível, ao mundo do cinema de gênero espanhol, passando pelo horror, fantasia e ficção-científica. A partir de um ponto de vista crítico e evolutivo, serão analisadas produções de gênero realizadas na Espanha, desde as primeiras obras até as contemporãneas. Serão estudados, dentre outros temas, o “Fantaterror Espanhol”, com as filmografias de ícones como Paul Naschy, Jesús Franco e Chicho Ibañez Serrador, até obras atuais como “Os Outros” e “Rec”, chegando às novas correntes e aos subgêneros criados no final do século XXI.

Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo
Auditório Barbosa Lessa
Rua dos Andradas, nº 1223 – Centro Histórico

Atividade ministrada em espanhol, sem tradução.

Valor: R$ 60,00.

Ignacio Lopez Vacas é cineasta e fotógrafo, às vezes escritor. Assessor curatorial na sala Artistic Metropol de Madrid, e redator da revista Scifiworld, uma das mais importante publicações dedicadas a cinema de gênero no mundo. Escreveu 'Manual de supervivencia para cinéfagos', cujo lançamento se deu no prestigiado festival de Sitges.

--------------------

Dia 01/06 (sáb), das 15h às 18h

Curso “Do Roteiro à Tela”, por Daniel-Konrad Cooper

Daniel-Konrad Cooper, do Reino Unido, trabalhou na produção de mais de 30 filmes do mundo todo, misturando projetos de orçamentos mais modestos e blockbusters hollywoodianos. Sua experiência com produção de filmes independentes inclui obras aclamadas e selecionadas em festivais importantes, como “A Decadência de Joe Albany” (Sundance); “Copenhagen” (Slamdance), “Big Significant Things” (SXSW); e, em Hollywood, atuou na produção de títulos grandiosos, como “Stardust”; “RED 2” e o ganhador de três Oscar “Dunkirk”, de Christopher Nolan.

Daniel-Konrad ministrará a atividade - uma introdução ao fazer cinematográfico sob a perspectiva prática de um produtor - explorando quais elementos ele busca em um roteiro e, então, os processos necessários para transformar aquelas palavras em imagens. Filmes são quase sempre limitados por orçamento e cronograma e, olhando para os fatores por trás desses números, o produtor demonstrará como desenvolver roteiros eficientes - dando a eles a maior chance de saírem do papel de fato.

Trata-se de uma atividade voltada tanto para interessados em cinema quanto para escritores e cineastas com níveis diferentes de experiência, uma vez que o ministrante tem vivência em muitas produções - e de diversos tipos.

Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo
Auditório Barbosa Lessa
Rua dos Andradas, nº 1223 – Centro Histórico

Atividade ministrada em inglês, sem tradução.

Valor: R$ 60,00.

Daniel-Konrad Cooper é dono da Rather Good Films e já produziu mais de 30 projetos. Seu portfólio inclui filmes de grande orçamento como "Dunkirk", "Capitão América", e obras independentes como "Burn Burn Burn", "Big Significant Things" e "A Decadência de Joe Albany", exibidos em prestigiados festivais de cinema de todo o mundo.

--------------------

Dia 02/06 (dom), das 11h às 14h

Curso “Da História em Quadrinhos ao Longa-Metragem”, por Pedro Rivero

Nascido em 1969 em Bilbau, na Espanha, Pedro Rivero tem uma carreira multipremiada como cineasta: são mais de 70 prêmios (incluindo dois troféus Goya - a premiação máxima do cinema espanhol) concedidos pela direção, roteiro e produção de “A Crise Carnívora”, “Birdboy” e “Psiconautas, as Crianças Esquecidas”, além do roteiro do elogiado “Sangue de Unicórnio”. Multifacetado artista, Pedro também é autor de graphic novels, roteirista de séries televisivas, autor de teatro e jurado e organizador de festivais de cinema.

Seu “Psiconautas, as Crianças Esquecidas” alçou os nomes dos diretores Pedro Rivero e Alberto Vázquez para além do cicuito de festivais - onde já eram muito conhecidos e cultuados - após o longa-metragem ser incensado pela crítica e se destacar em listas prévias para o Oscar 2018. O filme, uma adaptação de uma graphic novel, é considerado uma das melhores animações feitas nas últimas décadas.

O público do festival terá a rara oportunidade de aprender sobre o processo de adaptação de quadrinhos ao cinema com este, que é um dos mais respeitados mestres da animação contemporânea, usando como base sua bem-sucedida experiência na produção de “Psiconautas, as Crianças Esquecidas”, oferecendo conselhos e sugerindo possibilidades de realização.

Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo
Auditório Barbosa Lessa
Rua dos Andradas, nº 1223 – Centro Histórico

Atividade ministrada em espanhol, sem tradução.

Valor: R$ 60,00.

Pedro Rivero ganhou mais de 80 prêmios em sua carreira, que conta com títulos exibidos em festivais de prestígio “(A Crise Carnívora”, “Birdboy” e “Psiconautas, as Crianças Esquecidas”). Seu longa-metragem “Psiconautas” é considerado uma dos melhores animações realizadas nos últimos anos e foi pré-listada para concorrer ao Oscar 2018.

--------------------

Dia 02/06 (dom), das 15h às 18h

Masterclass Roger Corman

Roger Corman é provavelmente o maior cineasta vivo de toda a história da sétima arte. Atuando profissionalmente desde a década de 1950, não é exagero afirmar que ele alterou o curso da indústria cinematográfica. Um verdadeiro cânone do cinema, sua longa contribuição ao mundo do entretenimento já se tornou, de diversas formas, intrínseca à própria indústria: muito do que Corman propôs e inovou como cineasta se tornou parte do que ela é atualmente.

Assinando como produtor a maioria das mais de 450 obras em que trabalhou, Roger é rei do método “faça-você-mesmo” e, muitas vezes, realizou mais de um filme concomitantemente, aproveitando recursos e, consequentemente, fazendo mais com muito menos. Perspicaz, elaborou e aperfeiçoou fórmulas por meio das quais, não raro, conseguiu lucrar mais de 10 vezes sobre os valores investidos nas produções. Portanto, mais que a genialidade artística, Corman sempre teve um olhar muito apurado acerca da indústria, de público e de mercado, que, aliado a um pensamento técnico sobre aspectos como racionalização de recursos e eficiência, o ajudaram a consagrar seu nome na história.

Na masterclass, o oscarizado Roger Corman focará na arte da realização independente, desde o conceito de um filme até seu trailer. Ele discutirá sua história em detalhes como um diretor trabalhando para a American International Pictures, bem como examinará o processo de produção de filmes de pequeno e médio orçamento.

Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo
Auditório Barbosa Lessa
Rua dos Andradas, nº 1223 – Centro Histórico

Atividade ministrada em inglês, sem tradução.

Valor: R$ 200,00.

Roger Corman é uma verdadeira lenda viva do cinema: com 93 anos recém-completados e vivendo na indústria da sétima arte desde a década de 1950, produziu mais de 400 longas-metragens e, como diretor, conta com mais de 50 obras assinadas. Além de ter dado as primeiras oportunidades a grandes cineastas, como James Cameron, Francis Ford Coppola, Martin Scorsese e Peter Bogdanovich, Corman tem a rara sensibilidade de encontrar atores muito talentosos - casos de, entre outros, Jack Nicholson, Robert DeNiro e Dennis Hopper, cujas primeiras aparições em tela foram sua responsabilidade. Não bastasse revolucionar a indústria realizando filmes de grande sucesso de bilheteria com pouquíssimo orçamento - e aperfeiçoando a fórmula do blockbuster hollywoodiano -, Corman foi responsável pela distribuição e popularização na América do Norte dos filmes de arte de diretores como Akira Kurosawa, Federico Fellini e Ingmar Bergman, oportunizando ao público assistir a obras consagradas que nunca haviam sido exibidas comercialmente. Merecidamente oscarizado em 2009 por sua brilhante carreira, Roger participará de três sessões comentadas de seus filmes e ministrará uma masterclass no Fantaspoa. Trata-se de uma raríssima oportunidade do público de conhecer esta, que é provavelmente a figura viva mais importante e influente de toda história do sétima arte.