Aconteceu > Exposição "Fantástico Brasileiro: O Insólito Literário do Romantismo à Contemporaneidade"

Exposição "Fantástico Brasileiro: O Insólito Literário do Romantismo à Contemporaneidade"

08/06/2018

Exposição Fantástico Brasileiro.png

De 08 de junho a 07 de julho acontece no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, a exposição "Fantástico Brasileiro: O Insólito Literário do Romantismo à Contemporaneidade". A mostra faz parte da quinta edição da Odisseia de Literatura Fantástica.

Enéias Tavares (UFSM) e Bruno Matangrano (USP/CNPq) são dois acadêmicos fascinados por literatura fantástica. Os dois pesquisadores se conheceram em Porto Alegre na Odisseia de Literatura Fantástica de 2015. Desde então, têm trabalhado num projeto no mínimo inusitado: uma história da literatura fantástica nacional em todas as suas vertentes. O projeto nasceu da vontade de se preencher uma lacuna na historiografia literária brasileira, que por tanto tempo negligenciou a literatura declaradamente fantástica, sobretudo quando associada ao horror e à ficção científica.

O primeiro fruto desta longa pesquisa é justamente a exposição Fantástico Brasileiro: O Insólito Literário do Romantismo à Contemporaneidade. Em 23 painéis historiográficos, os visitantes viajarão pela história da nossa literatura conhecendo autores e obras que trabalharam com os diversos modos narrativos do “insólito”, termo acadêmico que procura abranger os diversos tipos de narrativas voltadas a tudo aquilo que escapa da dita “realidade”.

Esse recorte permite reler as obras de autores canônicos como Machado de Assis, Aluísio de Azevedo, Erico Verissimo e Guimarães Rosa, entre outros, como precursores da fantasia, do horror e da ficção científica contemporâneas, bem como (re)descobrir grandes autores hoje pouco comentados, como Emília Freitas, Nestor Victor e Humberto de Campos, ou mesmo autores contemporâneos que tem produzido muita literatura fantástica de qualidade.

Para se ter uma ideia da abrangência da pesquisa, a exposição compreende mais de 90 autores de todo o Brasil, sem contar autores que por uma questão de espaço foram apenas citados, desde o século XIX até os dias de hoje, passando por mais de 200 obras, divididas em três grandes grupos: obras e autores do século XIX e início do XX; aqueles que publicaram no século XX propriamente dito; e, por fim, os autores ultracontemporâneos do século XXI. Neste percurso, os curadores mostram como as diferentes modalidades do fantástico se transformaram ao longo do tempo em relação aos movimentos literários de cada época.

Além da série de 23 painéis, encerrada com uma homenagem ao escritor Max Mallmann (1968-2016), há dois outros painéis especiais. O primeiro dedica-se ao mapeamento das editoras nacionais que trabalharam ou trabalham com o fantástico em nosso país, enquanto o segundo é ilustrado com um mapa do Brasil, visto a partir das concentrações de autores que se dedicaram ao insólito divididos por regiões. O design é assinado pela artista Jessica Lang e o texto por Tavares e Matangrano.

Data: 08/06 a 07/07

Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo - Rua dos Andradas, 1223
Centro Histórico - Porto Alegre / RS

Sala: O Retrato - 4º andar

Entrada gratuita